E estamos no final de 2014!

margarida_meira

Este ano, de acordo com o que aprovámos na última Assembleia Geral, realizada em 28 de Março corrente, durante a realização das XI Jornadas APDIS, os assuntos que eram discutidos regularmente em duas Assembleias Ordinárias, de acordo com o Regulamento interno vigente, passaram para uma única Assembleia Geral, a realizar no primeiro trimestre de cada ano.

Assim, vamos aproveitar este editorial para vos dar algumas notícias sobre as actividades em que a Direcção da APDIS tem estado envolvida, nestes últimos meses.

Embora o nosso silêncio possa aparentemente dar a entender que estamos paradas desde a realização das XI Jornadas e, simultaneamente, a inauguração da nossa Sede, não é essa a realidade.

Na verdade, as duas actividades atrás referidas envolveram, de uma forma extraordinária e excepcional, os membros da Direcção e após a sua realização, houve a necessidade de um certo descanso. No entanto, rapidamente voltámos ao trabalho mas com actividades mais ligadas à nossa estrutura e, portanto, não tão visíveis.

Que trabalhos temos então entre mãos?

Comecemos pela página web, cuja renovação foi inaugurada em 11 de Outubro de 2011. Embora mais funcional que a anterior, com a experiência dos anos decorridos, sentimos a necessidade de a actualizar novamente e de lhe conferir mais funcionalidades que possam facilitar o trabalho de quem introduz a informação e de quem a procura. Uma das inovações é a inserção de um microsite, onde será alojada a Newsletter da APDIS, permitindo a sua consulta através da página web.

A Newsletter é um dos nossos trabalhos correntes. Foi lançado o primeiro número em Junho e temos, como objectivo, o seu crescimento com conteúdos diversificados e vocacionados para a nossa área. Brevemente serão conhecidas as normas editoriais.

A LAO, plataforma de revistas científicas localizadas em bibliotecas, tão necessária ao nosso trabalho, lançada em 2002 e renovada em 2012, continua num processo de actualização, uniformização e correcção. Para a realização dessa tarefa, os membros da Direcção resolveram convidar outros colegas para que, em grupo de trabalho organizado, se possa mais rapidamente concretizar este objectivo.

Um outro grupo de trabalho que se organizou, em colaboração com a Direcção, foi o que tem como objectivo o levantamento das instituições de saúde com bibliotecas e fundos bibliográficos de publicações periódicas, de modo a poder angariar mais cooperantes, e portanto mais registos e mais assinantes.

A Sede da APDIS: embora tivesse sido inaugurada em Março, só agora conseguimos finalizar a etapa de selecção e compra do mobiliário. Foram consultados três fornecedores e foi adjudicada a compra à MOVIAÇO 2. Até ao fim do ano, a Sede da APDIS ficará devidamente equipada. O arquivo, que tem andado de instituição em instituição, dependendo dos locais de trabalho de um dos membros da Direcção, vai ter finalmente um espaço adequado.

Outro assunto relacionado com a Sede é a necessidade de a termos aberta e pronta para aí realizar as nossas actividades. Precisamos de um colaborador que, possa assegurar alguns dias da semana, e executar vários trabalhos de apoio à Associação. No entanto, neste momento, a APDIS ainda não tem capacidade financeira para cumprir com este objectivo.

No âmbito dos vários programas de apoio ao emprego do IEFP, a APDIS candidatou-se a dois programas denominados “inserção” e “inserção+”, que não obrigavam a um grande investimento regular. No entanto, as candidaturas não foram consideradas elegíveis, dado o objectivo dos programas ser “integração” e não “profissionalização”. Em alternativa, pensou-se, recorrer a um programa de voluntariado. A ideia seria apelar à participação voluntária de colegas (bibliotecários ou não), disponíveis para colaborar com a associação. Em breve daremos informação mais pormenorizada. 3

Outra área que decidimos voltar a dinamizar é a relacionada com os Grupos de Trabalho. Em tempos, após a extinção dos grupos anteriormente constituídos devido à sua inoperância, tentámos dinamizar o Grupo de Trabalho de Saúde Pública. Infelizmente não resultou.

Assim, pensámos, em alternativa, que seria bastante mais vantajoso a organização de grupos por área de trabalho, ou seja: Grupos de Trabalho nas áreas hospitalar, universitária e de investigação.

Convidamos, desde já, os colegas de cada uma dessas áreas a proporem-se à Direcção para a organização e integração desses grupos.

O programa provisório de actividades para 2015, em que estamos já a trabalhar, será brevemente divulgado.

Portanto, a APDIS continua em Acção! Tentamos, com as limitações da vida profissional e pessoal, dar o melhor possível à nossa Associação, embora nem sempre conseguindo realizar da forma mais eficaz tudo aquilo que nos propomos concretizar.

Continuamos a atravessar uma das maiores crises económicas depois do 25 de Abril, que se reflecte também na Saúde. Na nossa área, cortes no orçamento das bibliotecas, redução de despesas e de funcionários, remunerações e regalias reduzidas são uma realidade conhecida por muitos de nós. Sente-se um desânimo generalizado.

Por isso, gostaríamos de deixar aqui um voto de esperança para 2015. Como Associação, tentaremos ser uma força agregadora e estimuladora da nossa profissão.

Desejamos a todos os nossos Associados e Colegas Boas Festas e um Bom Ano de 2015!

Margarida Meira

26.11.2014